22/02/2016 às 16h45min - Atualizada em 22/02/2016 às 16h45min

Prefeitura de Leopoldina inaugura Capela Mortuária no distrito de Ribeiro Junqueira

Nesta sexta-feira (19) foi entregue à população de Ribeiro Junqueira, distrito de Leopoldina, a Capela Mortuária que recebeu o nome de "Ayres Valverde - Lalá Pacheco", produtor rural falecido em 18 de setembro de 2003, nascido no sítio Boa Vista, onde viveu juntamente com a esposa Maria Mercedes, também falecida. Lalá Pacheco era muito conhecido no distrito pela sua personalidade alegre e por sua preocupação com o próximo. O casal teve seis filhas: Ruth, Marize, Lídia, Vanira, Neli, Marília e nove netos. 

 

 
A solenidade, iniciada por volta das 20h00, contou com a presença popular, além de autoridades municipais, familiares e amigos de Lalá Pacheco. Na ocasião discursaram: a advogada Neli Valverde falando em nome da família de Lalá, os vereadores Totõe Pimentel, Leandro Dandinho, Alfredo Mendes, Ivan Nogueira - presidente da Câmara, e o prefeito José Roberto de Oliveira. Após os pronunciamentos o jovem Ítalo, de Leopoldina, cantando e tocando viola, interpretou duas das músicas que Lalá Pacheco mais gostava. A placa inaugural foi descerrada pelas autoridades e familiares e o encerramento da programação aconteceu com o Monsenhor Antônio Chamel abençoando as dependências da Capela.


 
Localizada ao lado do Cemitério de Ribeiro Junqueira e construída com recursos próprios da Prefeitura de Leopoldina, a obra foi projetada pelo engenheiro e secretário municipal de obras, José Márcio Gonçalves Lima. A capela atende antiga reivindicação da comunidade local e das comunidades vizinhas, que passam a contar com local apropriado para a realização dos velórios.  
 
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina. Fotos: Kalon Moraes.
 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »