05/04/2016 às 14h45min - Atualizada em 05/04/2016 às 14h45min

Encontro de Motociclistas de Leopoldina não será realizado este ano

A Prefeitura, através da Secretaria de Esportes, Lazer e Turismo, acredita que com a superação da crise econômica vivida em todo país, o Encontro voltará a ser realizado em 2017.

Evento reunia motociclistas de todo o Brasil. (Foto: João Gabriel B. Meneghite)
O tradicional Encontro de Motociclistas de Leopoldina não será realizado este ano devido às dificuldades financeiras. Após contatos da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Turismo com a AMOL - Associação dos Motociclistas de Leopoldina, uma reunião foi promovida para tratar da realização do Encontro, na qual a Associação não manifestou a disposição de realizar o evento este ano, levando em consideração o reduzido prazo para os contatos a serem mantidos com os demais clubes para confirmação de suas participações e também devido à queda dos repasses e os altos custos necessários, que não conseguiriam ser cobertos pelo comércio local juntamente com a Prefeitura.

A Secretária Municipal Jussara Thomaz lamentou que um evento tão grandioso como o Encontro de Motociclistas de Leopoldina não seja realizado. Jussara comentou que confia na superação da crise econômica que preocupa todo o país, e acredita que no próximo ano o Encontro de Motociclistas voltará a ser realizado no município. "Não realizar o Encontro de Motociclistas de Leopoldina este ano é uma situação que não gostaríamos de vivenciar, entretanto, todos sabem das dificuldades orçamentárias que os municípios brasileiros estão enfrentando, em função da grave crise na economia. A expectativa da recuperação da economia nacional nos faz acreditar que no próximo ano o Encontro de Motociclistas de Leopoldina será realizado novamente", declarou a Secretária Municipal. 

Um dos organizadores do Encontro de Motociclistas em Leopoldina, Dr. Giovanni dos Santos Felippe, disse que a Prefeitura sempre colaborou com 60% dos custos do evento, ajudando também na infraestrutura, desde sua criação, porém, "a nossa dificuldade sempre foi a de levantar os 40% restantes", acrescentou. "A AMOL é uma entidade sem fins lucrativos, não temos recursos financeiros e além disso o comércio local não ajuda como deveria ajudar na realização do Encontro de Motociclistas", comentou Dr. Giovanni, que também demonstra otimismo para que em 2017 o Encontro de Motociclistas seja realizado em Leopoldina. 
Quedas e retenções do Fundo de Participação dos Municípios
 
A maioria das cidades brasileiras apresentou queda nominal dos repasses  do FPM - Fundo de Participação dos Municípios, realizados nos primeiros meses deste ano, somada a retenções dos recursos que atingiu 77,1% dos municípios brasileiros em decorrência de dívidas previdenciárias, de acordo com estudo realizado pela CNM - Confederação Nacional dos Municípios. 
 
Edésio Andries, Secretário de Fazenda do município de Leopoldina, considera que a queda do FPM é preocupante, pois compromete financeiramente as gestões municipais já programadas. Em fevereiro, Leopoldina teve R$ 2.837.935,54 repassados pelo FPM, dos quais R$ 625.256,67 foram debitados para tributos como o RFB Previdência, responsável pela administração dos tributos de competência da União, 
como os previdenciários; Retenção PASEP, Programa de Formação de Patrimônio do Servidor Publico e Dedução Fundeb, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação. 
 
Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Leopoldina. Fotos: Kalon Moraes.

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »