25/09/2016 às 18h39min - Atualizada em 25/09/2016 às 18h39min

Leopoldinense será observador internacional do referendo pela paz na Colômbia

Rodrigo Iennaco de Moraes, promotor de Justiça e assessor da corregedoria-geral do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), é um dos dois brasileiros convidados.

Rodrigo Iennaco de Moraes, promotor de Justiça e assessor da corregedoria-geral do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG)
“Você apoia o acordo final para o término do conflito e a construção de uma paz estável e duradoura?”. Essa será a pergunta formulada no plebiscito que ocorrerá democraticamente na Colômbia no próximo dia 2 de outubro. O povo daquele país irá às urnas para votar se aceita ou não os termos do acordo celebrado entre o Governo colombiano, sob a presidência de Juan Manuel Santos, e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

Entre os membros da missão internacional de observadores, capitaneada pela Organização dos Estados Americanos (OEA), estará o leopoldinense Rodrigo Iennaco de Moraes, promotor de Justiça e  assessor da corregedoria-geral do Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), um dos dois brasileiros convidados para integrar a comitiva um dos dois brasileiros convidados para integrar a comitiva, que contará com autoridades governamentais e acadêmicas de todo o mundo.

Iennaco considera uma honra poder participar de um escrutínio histórico e fundamental para o futuro do próprio  continente, que pode, segundo ele, ser o início de um processo capaz de encerrar um conflito que já dura mais de 50 anos, com milhares de mortos e consequências trágicas para o povo colombiano.

Ele ressaltou ainda que o convite do Conselho Nacional Eleitoral da Colômbia “revela o nível de respeitabilidade que o Ministério Público brasileiro, em especial o mineiro, conquistou nas últimas décadas, sendo a sua indicação pessoal, motivada pela cooperação em pesquisas comuns nas ciências penais, uma feliz coincidência, no contexto maior que engrandece o nome da instituição e, particularmente, da corregedoria-geral do MPMG no cenário continental”.


 
Fonte:  Site do Ministério Público do Estado de Minas Gerais
 
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »