30/04/2021 às 12h54min - Atualizada em 30/04/2021 às 12h54min

Centro Social Urbano precisa de reforma e reativação, diz Vereador Queijinho

Através de indicação ele reivindicou ao prefeito a tomada de providências uma vez que o local agora pertence ao Município.

Edição> Luiz Otávio Meneghite
Instalações do Centro Social Urbano estão abandonadas e pertencem ao Estado
Projetado em 1977 e construído entre 1978/79 pelo Estado de Minas Gerais, na época governado por Francelino Pereira o Centro Social Urbano de Leopoldina está localizado numa área de 11.000 metros quadrados quase ao final da avenida dos Expedicionários e encontra-se num estado de abandono tal, que choca quem conheceu aquelas instalações a partir de sua inauguração há 42 anos. Apesar de ter sido construído com recursos do Estado de Minas Gerais, sua administração foi entregue desde o princípio à Prefeitura de Leopoldina, tendo na época como prefeito Wilson Pimentel, que mantinha lá os funcionários para o seu pleno funcionamento com cursos de culinária, corte e costura e atividades de lazer e esportes, além de atendimento médico.

O Jornal Leopoldinense Online apurou que o atual estado de abandono veio ocorrendo gradativamente nos últimos anos até que foi desativado por falta de condições de uso. A verdade é que as últimas administrações municipais demonstraram pouco ou nenhum interesse em continuar com a parceria feita em 1979 com o Governo do Estado, uma vez que este não atendia seus pleitos por recursos que viabilizassem a continuidade de seu funcionamento.

Em março de 2013 o jornal Leopoldinense já denunciava a situação

A enorme área pertencente ao Centro Social Urbano é dotada de instalações esportivas como quadra de esportes e campo de futebol além de edificações onde eram ministrados cursos profissionalizantes e recentemente passou a pertencer oficialmente ao Município de Leopoldina, cuja gestão pode dar a destinação que julgar melhor ao local.

Pensando nisso e preocupado em resolver o problema, o Vereador Marcos Vinicius ‘Queijinho’.entrou com indicação dirigida ao prefeito Pedro Augusto Junqueira Ferraz, aprovada por unanimidade na Câmara Municipal de Leopoldina, solicitando que ele determine ao setor competente na administração pública que tome as devidas providências para realizar a reforma do Centro Social Urbano, recentemente doado pelo Governo do Estado ao Município de Leopoldina, para que o local volte a ser utilizado como uma área de lazer e cursos profissionalizantes para os moradores da extensa região que reúne bairros como o Bela Vista, São Cristóvão, Nova Leopoldina, Cidade Alta, Jardim Bela Vista, Imperador, Alto da Boa Vista, São Sebastião, Tomé Nogueira e Verônio Resende.

.Fontes> Câmara Municipal de Leopoldina e Arquivo do Jornal Leopoldinense


Clique e relembre algumas matérias publicadas pelo Leopoldinense:


População gostaria de ver a PM ocupar o Centro Social urbano

Para o bem da cultura e dos futuros carnavais

Leopoldina poderá receber Centro Social Urbano para abater dívida do Estado com o Município

O Centro Social Urbano é nosso, aha-uhu!


 

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »