06/10/2021 às 08h02min - Atualizada em 06/10/2021 às 08h02min

Áreas de risco em Leopoldina são tragédias anunciadas

Luciano Baia Meneghite
Buraco no alto do Bela Vista, na subida para o Pirineus e na rua Professor José Lintz. Alguns dos lugares de risco em Leopoldina (Fotos: Luciano Baía Meneghite/Arquivo)
O soterramento de duas crianças de 3 e 4 anos no bairro Quinta Residência na tarde desta terça-feira, 05/10, com a morte de uma delas, causou comoção na cidade. Infelizmente, uma tragédia que poderia ter sido evitada. 

Inúmeras vezes o Jornal Leopoldinense publicou matérias mostrando os riscos a que está exposta a população em diversos pontos de Leopoldina. Encostas com desmoronamentos, vias públicas à beira de barrancos ou com grandes crateras, pontes sem proteção nas laterais, obras públicas e privadas irregulares, entre outros problemas que ao longo de anos não recebem a atenção devida.

Há quem diga que esse tipo de obra não dá para colocar placas de inauguração exibindo nomes de políticos e seus apaniguados.

Relembre algumas matérias:


Pedestres continuam em risco em muitos pontos de Leopoldina

Muro incompleto e falta de grade de proteção coloca pedestres em risco

Deslizamento de encosta no bairro de Fátima pode ter sido ocasionado por tubulação da Copasa

Falta de aplicação faz com que a lei dos terrenos vagos não dê resultados

Buracos, mato alto e sujeira não dão bela vista ao maior bairro da cidade

Um buraco que vai matar

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »