04/08/2016 às 08h39min - Atualizada em 04/08/2016 às 08h39min

Cantinho das curiosidades nº4

WALDEMAR PEDRO ANTÔNIO
Cantinho  das  Curiosidades  apresenta , nesta edição ,   mais  alguns esclarecimentos a respeito das origens de expressões que manifestam no vocabulário dos falantes da língua portuguesa . Esperamos  que os verbetes sobre dúvidas acrescentem conteúdos aos nossos leitores .

VOCÊ  SABIA  QUE  :

. Na idade média, as casas possuíam os telhados feitos com telhas de barro que eram confeccionadas usando-se as coxas como fôrma. Como nem todos possuíam as mesmas medidas de coxa, os telhados ficavam meio desalinhados e daí a expressão “  FEITO  NAS  COXAS ”.

Cada Rei num baralho de cartas representa um antigo Grande Rei da história: Espadas – Rei David; Paus – Alexandre O Grande; Copas – Carlos Magno; Ouros – Júlio César.
 
. Por cada sílaba que o homem fala, 72 músculos entram em movimento. Para sorrir, são utilizados 14 músculos. Para beijar, 29.
 
.  Maior obra-prima da pintura de todos os tempos, Mona Lisa, de Leonardo da Vinci, foi um dos primeiros retratos da história da arte ocidental a incluir as mãos do modelo. Até então, os retratos mostravam as mulheres apenas do busto para cima.
 
. As casas dos mais abastados tinham no telhado dois tipos de acabamento, a beira, “o beiral” e a eira que é o acabamento decorado feito na fachada, e a casa da plebe tinha apenas o telhado sem acabamento algum, daí a expressão “ SEM  EIRA  NEM  BEIRA  “
 
. Durante o tempo que você demora a ler esta frase 50 mil células do seu corpo morreram e foram substituídas por células mais novas.
 
.  O livro do Gênesis descreve o objeto proibido com a palavra “peri”, que em hebraico quer dizer “fruto”. Assim, o que Eva morde e dá a Adão poderia ser um figo, uma uva, uma romã ou até uma noz. A idéia de que o tal fruto era a maçã pode ter surgido depois que a Bíblia foi traduzida para o latim, uma vez que “mal” é malum, muito parecida a malum, que é o termo latino para “maçã”.
 
A palavra ‘ósculo’ é sinônimo de ‘beijo’ em português. A palavra é originada do latim ‘osculum’, que significa ‘boca pequena’, ou seja, o movimento feito com os lábios no momento do beijo.
 
   .  Uma  das  versões da expressão “ UAI “ , usada na fala do mineiro ,  é proveniente dos tempos da Inconfidência Mineira. Para se protegerem da polícia imperial, os inconfidentes usavam uma espécie de senha para garantir que o indivíduo que fosse entrar em suas reuniões era confiável: este deveria bater três vezes na porta da casa e dizer a palavra “uai”, iniciais de União, Amor e Independência. A partir daí, acredita-se que o termo tenha sido incorporado ao vocabulário da população local.
 .  O  termo  CADÊ  origina-se da expressão "que é feito de tal coisa?", que significa "onde está tal coisa?" ou "o que aconteceu com tal coisa?". A expressão "que é feito de?" foi encurtada para "que é de?", que, facilmente, foi mais encurtada em QUEDE  ou  QUEDÊ e  , depois , se transformou em  CADÊ .
 
.      A expressão  “  DOR  DE  COTOVELO  “  faz justa alusão a quem encosta-se ao balcão de um bar para esquecer o amor perdido e se embriagar. Seguindo a explicação, de tanto ficar recostado no balcão, em completa inapetência, aquele que já sofre por amor acaba “contraindo” uma terrível dor de cotovelo.
.  Deuses e números batizaram as divisões do ano ?  Vejamos :  JANEIRO

Homenagem a Jano, deus de duas faces, uma voltada para a frente e outra para trás. Protetor das entradas e saídas, ele era considerado também deus dos princípios e começos - como a primeira hora do dia e o primeiro mês do ano  FEVEREIRO  Referência ao festival celebrado nessa época do ano, em Roma, chamado Februália, ou Purificação - ocasião em que eram oferecidos sacrifícios aos mortos, para apaziguá-los  MARÇO  Dedicado a Marte, deus da guerra. Nesse mês - o primeiro do ano antes da reforma feita por Pompílio -, escudos sagrados eram levados pelos sacerdotes em volta da cidade, em homenagem à divindade  ABRIL  Existem duas hipóteses. A primeira diz que o nome seria uma homenagem a Afrodite, deusa do amor, a quem o mês é consagrado. A segunda afirma que ele seria derivado da palavra latina aperire, referência à abertura das flores, já que, nesse período, é primavera no hemisfério norte  MAIO  Deusa responsável pelo crescimento das plantas e mãe de Mercúrio, Maia era a divindade celebrada nessa época do ano  JUNHO  Deusa do casamento e do parto, Juno era considerada a protetora das mulheres, especialmente das esposas legítimas  JULHO  Inicialmente chamado de Quintilis, por ser o quinto mês, foi rebatizado em homenagem ao imperador Júlio César, em 44 a.C.  AGOSTO  O nome original Sextilis foi substituído, em 8 d.C., para homenagear o imperador César Augusto, que reformou a estrutura de governo do Império Romano, além de somar a ele novos territórios  SETEMBRO  O nome vem do latim septem, ou sete. Esse era o sétimo mês do primeiro calendário romano, antes da reforma de Pompílio  OUTUBRO  Vem do latim octo, ou oito. Era o oitavo mês antes da reforma de Pompílio  NOVEMBRO  Vem do latim novem DEZEMBRO  Vem do latim decem, ou dez. Era o décimo e último mês do primeiro calendário romano.

Waldemar  Pedro  Antonio         e-mail :   wpantonio@terra.com.br
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »