29/01/2015 às 08h35min - Atualizada em 29/01/2015 às 08h35min

Prefeitura considera Portaria baixada pela Juíza arbitrária e recorre

Site do Marcelo Lopes
Os participantes da reunião consideraram a Portaria assinada pela Juíza "arbitrária" e prefeitura resolve recorrer
Foi realizada na noite de terça-feira, 27 de janeiro, no salão Câmara Municipal de São João Nepomuceno, uma reunião conduzida pela Vice-Prefeita em exercício, Dulcinéia Reggi, para discutir a Portaria baixada pela juíza daquela comarca, Flávia de Vasconcellos Araújo, que determinou normas rígidas para o Carnaval local. 
 
Participaram do encontro os presidentes da Escolas de Samba e Blocos Carnavalescos, além do presidente da Associação das Escolas de Samba, Paulo Afonso Ladeira, representantes da Polícia Militar, o comandante Weidner e o subtenente Rosseti, o Secretário de Desenvolvimento Municipal, Renato Filgueiras, o presidente da Comissão Organizadora do Carnaval, Márcio Sabones, o Prefeito Municipal Célio Ferraz (que está de férias) e o Procurador do Município Márcio Welson dentre outros.
 
Após muito debate, as medidas determinadas pela juíza foram consideradas arbitrárias, além de terem sido anunciadas muito próximas do Carnaval, o que para os presentes, acabou criando "grandes dificuldades de adequação" por parte dos envolvidos na maior festa popular do páis. Segundo Márcio Sabones, a Procuradoria do Município decidiu impetrar um Mandado de Segurança de Medida e Urgência no Tribunal, em Belo Horizonte, questionando se a Portaria está amparada pela legalidade e conformidade ou se houve extravasamento de poder.
 
A preocupação da Polícia Militar é com a segurança e, neste sentido, os militares presentes à reunião entendem que a contratação de segurança particular por parte das agremiações, conforme determina a Portaria da juíza, deve agir de forma conjunta com a PM. Com relação aos desfiles ainda não há consenso, sendo que apenas o Bloco do Bela Vista deve remanejar  seu desfile para domingo de Carnaval, antes das Escolas de Samba. 
 
O Carnaval de São João Nepomuceno é, historicamente, o mais animado da Zona da Mata e serviu de modelo para outros municípios que revitalizaram suas festas e, consequentemente, conseguiram melhorar o turismo nesta época do ano, além de movimentar a economia local. (Reportagem de Kadu Fontana e foto cedida pela Assessoria de Comunicação PSJN/Márcio Sabones)

Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »