14/05/2017 às 17h32min - Atualizada em 14/05/2017 às 17h32min

Cantinho Gramatical nº 48

WALDEMAR PEDRO ANTÔNIO
     Neste  artigo  ,  o  Cantinho  Gramatical  demonstrará  como  ocorre  o  processo  dentro  da  língua  em  relação  a  seu  crescimento  vocabular .  Sendo  o  povo  responsável  pelas  transformações  das  palavras  dentro  do  idioma ou  pela  preservação  das  unidades   conhecidas  como  primitivas ,    ocupar-nos-emos  na  demonstração  de  nossa  forma  gramatical  que  estabelece  acréscimo  de  novas  palavras  na  estrutura  da  língua  : “  PROCESSO  DE  FORMAÇÃO  DE  PALAVRAS  “ .

      “  Chama-se  FORMAÇÃO  DE  PALAVRAS  o  conjunto  de  processo  morfossintático  que  permite  a  criação  de  unidades  novas  com  base  em  nosso  léxico   (  conjunto  de  palavras  existentes  na     língua  ) .  Utilizam-se  assim ,  para  formar  as  palavras , os  afixos  (  prefixos  e  sufixos  )  de  DERIVAÇÃO   ou  os  procedimentos   de  COMPOSIÇÃO .

       DERIVAÇÃO  é  o  processo  pelo  qual  de  uma  palavra  se  formam  outras , por  meio  da  agregação  de  certos  elementos  que  lhe  alteram  o  sentido , referindo  sempre ,  contudo ,  à  significação  da  palavra  PRIMITIVA  (  palavra  que  não  se  formou  de  outra  já  existente  no  idioma como :  pedra , feliz ,  nuvem , leal , sol , etc.   ) . Tais  elementos  se  chamam  PREFIXOS  e   SUFIXOS ,  segundo  se  coloquem  ANTES  ou   DEPOIS  da  palavra  derivante .

      DERIVAÇÃO  PREFIXAL  :   Os   PREFIXOS ,  porque  correspondam ,  em  regra ,  a  preposições  ou  a  advérbios  (  extintos , ou  vivos ) ,  têm  um  sentido  mais  ou  menos  preciso ,  com  o  qual  modificam  o  conteúdo  da  palavra  primitiva . Exemplos  de  alguns  prefixos  de  origem  LATINA  :  pôr -  TRANSpor ,  EXPOR ;  feliz -  INfeliz ;  leal-DESleal ;   fazer -  REfazer  ;  dizer -  CONTRAdizer  ;  meter -  INTROmeter  ;  círculo – SEMIcírculo ; muscular- INTRAmuscular ;  liberal – ULTRAliberal ;   diretor -  SUBdiretor ;   crescer- DEcrescer ;  sensível – SUPERsensível  ; linguístico- EXTRAlinguístico . Agora  exemplos  de  alguns  prefixos  de  origem  GREGAAPOgeu  ; PERÍmetro  ;  SINcronia  ;   ANFÍbio ;  PARAdigma  ;  HIPERtrofia  ;  METAmorfose  ;  grafo  ;  EUfonia ;  PRÓlogo ;  ENcéfalo  .

     DERIVAÇÃO   SUFIXAL  :   Ao   contrário  dos  prefixos  que , como  vimos  , guardam  certo  sentido, com o qual  modificam ,  de  maneira  mais  ou  menos  clara ,  o  sentido  da   palavra  primitiva ,  os  sufixos , vazios  de  significação ,  têm  por  finalidade  formar  séries  de  palavras  da  mesma  classe  gramatical .  Assim , por  exemplo , o  único  papel  do  sufixo  “ EZ “   é  criar  substantivos  abstratos  , tirados  do  adjetivo . Ex. estúpido -  estupidEZ  ;  surdo -  surdEZ  ;  altivo -  altivEZ  .
     Pela  DERIVAÇÃO  SUFIXAL  formaram-se ,  e  ainda  formam , novos  substantivos  , adjetivos , verbos  e , até ,  advérbios  (  os  advérbios  em  -MENTE  ) . Daí  classificar-se  o  sufixo  em :
  1. NOMINAL , quando  se aglutina  a  um  radical  para  dar  origem  a  um  substantivo  ou  a  um  adjetivo  :  pont-EIRA ,  pont-INHA ,  pont-UDO  ;
  2. VERBAL , quando ,  ligado  a  um  radical ,  dá  origem  a  um  verbo : suav-IZAR  , anal-ISAR ;
  3.  ADVERBIAL ,  que  é  o  sufixo  -MENTE  acrescentado  à  forma  feminina  de  um  adjetivo :  bondosa-MENTE ,  perigosa-MENTE , saborosa-MENTE  ,  franca-MENTE  .
Há  palavras   em  que  a  derivação  ocorre  com  os  dois  AFIXOS  (  prefixo  e  sufixo  )  . Aí  teremos  duas  classificações  no  processo  derivacional  :  DERIVAÇÃO  PREFIXAL  e   SUFIXAL   . Exemplos :   DESlealDADE  ,   INfelizMENTE  .   E  DERIVAÇÃO  PARASSINTÉTICA  (ou  parassíntese )  que  ocorre  quando  a  um  determinado  radical  acrescentam-se , ao  mesmo  tempo ,  um PREFIXO  e  um   SUFIXO . Exemplos :  REpatriAR  ENriquECER .

OBSERVAÇÃO  :  Para  diferenciar  PARASSÍNTESE   de   DERIVAÇÃO  PREFIXAL e  SUFIXAL ,  deve-se  utilizar  o  seguinte  critério  : Elimine  o  prefixo  ou  o  sufixo  da  palavra  em  estudo ,  se  pelo  menos  uma  dessas  eliminações   a  palavra  preservar  um  sentido ,  trata-se  de  uma  derivada  prefixal  e  sufixal .  Exemplos :  INFELIZMENTE  (  existe  a  palavra  INFELIZ ,  existe  também  a  palavra   FELIZMENTE )  ;  INVENCÍVEL  não  existe  a  palavra  INVENC(e) ,  mas  existe  VENCÍVEL ).  A  palavra  só  é  formada  por  PARASSÍNTESE   se , ao  tirarmos  o  prefixo   ou   o  sufixo ,  ela  deixa  de  ter  sentido.  Considerando  a  palavra  DESALMADO ,  não  existe  a  palavra  ALMADO  nem   DESALMA , logo  trata-se  de  uma  DERIVAÇÃO  PARASSINTÉTICA .
    
Há  outros  processos  derivacionais :
  1. DERIVAÇÃO  IMPRÓPRIA  OU  CONVERSÃO  -  É  o  processo  pelo  qual  se  muda  uma  palavra  de  sua  classe  gramatical  usual  para  uma  outra  classe ,  sem  alterar-lhe  a  forma .  Exemplos   “  O  JANTAR  estava  maravilhoso “ .  A  palavra  JANTAR  faz  parte  da  classe  gramatical  dos  verbos . A  palavra  em  estudo ,  sem  sofrer  alteração  em  sua  forma ,  mudou  de  classe :  passou  de  VERBO  a  SUBSTANTIVO    “   /    “  No  plebiscito  o  SIM  venceu  o  NÃO ! “  SIM  e  NÃO  fazem  parte  da  classe  gramatical  dos  advérbios , no  exemplo  mudou  de  classe :  passou  de  ADVÉRBIO  a  SUBSTANTIVO ,   logo  trata-se  de  uma  DERIVAÇÃO  IMPRÓPRIA .
     
  2.  DERIVAÇÃO   REGRESSIVA  -  É  o  processo  que  dá  origem  a  SUBSTANTIVOS  a  partir  de  VERBO   e  ocorre  com  a  substituição  da  terminação  do  verbo  pelas  desinências  A, E ou O  , indicando  uma  ação .   Exemplos :  PROCURA  é  ação  de  procurar ,   EMPATE  é  ação  de  empatar APOIO  é  ação  de  apoiar .
       Como  saber  se  foi  o  verbo  que  originou  o  substantivo  ou  vice-versa  ?  Para  diferenciá-los  dos  derivados  regressivos , use  o  seguinte  critério :
  1. Se  o  substantivo  der  nome  a  objeto  ou  substância ,  ele  será  primitivo e ,  a  partir  dele ,  formou-se,  por  derivação, o  verbo  correspondente .  Não  foi  PREGO  que  derivou  de  PREGAR , mas  sim  PREGAR  que  derivou  de  PREGO .
  2.  Se  o  substantivo  indica  ação ,  ele  é  derivado  regressivo  e , portanto , formou-se  a  partir  do  verbo  que  é  palavra  primitiva .  Exemplos :  AVANÇO  derivou  de  avançar ,  RESGATE, de  resgatarCOMPRA , de  comprar .
Passemos  agora  ao  outro  processo  de  formação  das  palavras  que  enriquecem  o  acervo  vocabular  da  língua  :   “  COMPOSIÇÃO  “ .

COMPOSIÇÃO  é   quando  se  juntam  dois  ou  mais  elementos  vocabulares (palavras)  de  significação  própria ,  para  darem  ideia  de  um  novo  ser  ou  objeto . O  que  caracteriza,  em  última  análise, a  COMPOSIÇÃO  é,  além  da  unidade  de  significação,  a  existência de  mais  de  um  radical  na  formação  de  nova  palavra.
   Dependendo  de  como  ocorre  a  junção  dos  elementos  formadores  da  nova  palavra , a  COMPOSIÇÃO  pode  se  dar  por  JUSTAPOSIÇÃO  ou  por  AGLUTINAÇÃO .  Vejamos  :
  • ) “  JUSTAPOSIÇÃO “   é  quando  os  elementos  de  uma  palavra  composta  podem  apenas  justapor-se ,  conservando  cada  qual  sua  integridade  de  forma  e  sua  acentuação.  Exemplos :  PEIXE-ESPADA ( peixe+espada) , PONTAPÉ (ponta+pé)  ,            MIL-FOLHAS (mil+folhas) ,  GIRASSOL (gira+sol) , AMOR-PERFEITO ( amor+perfeito ) ,   MALMEQUER (mal+me+quer) , BEIJA-FLOR (beija+flor) , SEMPRE-VIVA (sempre+viva) .
  b) “ AGLUTINAÇÃO “   é  quando   pelo  menos  uma  das  palavras  que  participa da   composição  SOFRE  ALTERAÇÃO  em  sua  pronúncia  e  em  sua  grafia .  Exemplos :  AGUARDENTE ( água+ardente ) , OUTRORA ( outra+hora ) . EMBORA ( em+boa+hora )  PLANALTO ( plano+alto ) ,  FIDALGO ( filho+de+algo ) , PERNALTA ( perna+alta ) .

    Além  dos  dois  processos  principais  já  estudados ( derivação  e  composição )  temos ainda dois  outros  processos  que,  embora  menos  importantes ,  também  contribuem  para  a  formação  de  novas  palavras  em  português . São eles :  “  HIBRIDISMO “ :  uma  palavra  é  formada   por  HIBRIDISMO  quando  na  constituição dela  entram  palavras  pertencentes  a idiomas  diferentes . Exemplos :  SOCIOLOGIA :  sócio (latim) + logia ( grego )  , SAMBÓDROMO :  samba (africano) + dromo     ( grego )  , ABREUGRAFIA :  Abreu ( português) +  grafia ( grego ) .

“ ONOMATOPEIA “ :  quando  a  palavra  nasce  de  uma  tentativa  de  reduzir  os  sons  da  natureza.Exemplos :  RECO-RECO : som do  instrumento  , TIQUE-TAQUE : som do  relógio ,            PINGUE –PONGUE :  som da  bola  na  raquete ,  CACAREJA :  som  produzido pelos  galináceos .

“  VAMOS   PRATICAR  ?  “

  I -  Coloque  entre  parênteses  “ P “ se  for  primitiva ;  “ D “  se  for  derivada ; “ C “ se for composta .

(    )  BONDADE /  (    ) HIDRELÉTRICA  /  (    )  PERNILONGO   /  (    )  BELAS-ARTES /  (    )  POEMA  /                          (     ) PONTIAGUDO  /  (    )  BOQUIABERTO  /  (    )  PEDRA  /  (    )  FILANTROPO  /  (    )  LEMBRANÇA /                (     )  REVER  /  (    )  MALDOSO  /  (    )  LEALDADE  /  (    )  FUGA /  (    )  AGRIDOCE  / (    )  INVASÃO /
II-  Faça  adaptações  necessárias ,  formando  palavras  a  partir  dos  elementos  indicados  e  indique    o  processo  de  suas  formações :
  1. Clara+boia =  ____________________/  processo: ____________________________________
  2. chuva+eiro= _____________________/ processo: ____________________________________
  3.  es+miúdo+ar = _______________________ /  processo : ______________________________
  4.   alvo+verde = _______________________/  processo : ________________________________
  5.   arco+íris = __________________________/ processo : ________________________________
  6.    cabeça+baixa =  ______________________/  processo :_______________________________
  7.    em+surdo+ecer =_______________________/  processo :_____________________________
  8.     em+bainha+ar = ________________________/processo : _____________________________
  9.      des+humano+idade =_____________________/ processo :____________________________
  10.      Em+rico+ecer = __________________________/  processo :____________________________
 
  •   Coloque  entre  parênteses  para  DERIVAÇÃO :     1- PREFIXAL/          2- SUFIXAL /                                           3- PREFIXAL e SUFIXAL/          4- PARASSINTÉTICA :
(     )  livraria , feitura , beleza doçura  /   (     )  endurecer , associar , anoitecer  /  ajoelhar  /
 (     )  compor , depor , repor  , opor  /  (     ) injustiça  ,  descobrimento ,  seminudez  /
 (     )  embarcar ,  envelhecer , amortecer /   (     )  rinite , maldade , livreco  , pontaria
  (     )  deslealdade ,  composição ,  infelicidade /   (     )  intermuscular , desumano , reorganizar .
 
  IV-  Numere  os  exemplos  de  composição :  (  1  )  justaposição   /   (  2  )  aglutinação .
(     )  guarda-roupa ,  busca-pé , vaivém ,  vaga-lume
(     )  petróleo  ,  vinagre  ,  pernilongo  ,  auriverde
 (     )  passatempo ,  girassol ,  guarda-pó
 (     )   bem-me-quer  , bem-te-vi  ,  obra-prima
 (     )  aguardente ,  fidalgo  ,  planalto
 (     )  rodapé  ,  tatu-bola   ,  bem-te-vi



GABARITO  No   48

    I -  Coloque  entre  parênteses  “ P “ se  for  primitiva ;  “ D “  se  for  derivada ; “ C “ se for composta .
(  D  )  BONDADE /  (  C  ) HIDRELÉTRICA  /  (  C  )  PERNILONGO   /  (  C  )  BELAS-ARTES /  (  P  )  POEMA  /                          (   C  ) PONTIAGUDO  /  (  C  )  BOQUIABERTO  /  (  P  )  PEDRA  /  (  C  )  FILANTROPO  /  ( D   ) LEMBRANÇA /                (  D   )  REVER  /  (  D  )  MALDOSO  /  (  D  )  LEALDADE  /  (  D  )  FUGA /  (  C  )  AGRIDOCE  / (  D  )  INVASÃO
II-  Faça  adaptações  necessárias ,  formando  palavras  a  partir  dos  elementos  indicados  e  indique    o  processo  de  suas  formações :
  1. Clara+boia =  CLARABOIA       /  processo:   COMPOSIÇÃO  POR  JUSTAPOSIÇÃO
  2. chuva+eiro=   CHUVEIRO       / processo:   DERIVAÇÃO  SUFIXAL
  3.  es+miúdo+ar =   ESMIUÇAR  /  processo :   DERIVAÇÃO  PARASSINTÉTICA
  4.   alvo+verde =  ALVIVERDE   /  processo :  COMPOSIÇÃO  POR  AGLUTINAÇÃO
  5.   arco+íris =   ARCO-ÍRIS                       / processo :   COMPOSIÇÃO  POR  JUSTAPOSIÇÃO
  6.    cabeça+baixa =    CABISBAIXO        /  processo :  COMPOSIÇÃO  POR  AGLUTINAÇÃO
  7.    em+surdo+ecer =  ENSURDECER      /  processo :  DERIVAÇÃO  PARASSINTÉTICA
8-    em+bainha+ar =  EMBAINHAR        /processo :    DERIVAÇÃO  PARASSINTÉTICA
9-     des+humano+idade =  DESUMANIDADE  / processo :  DERIVAÇÃO  PREFIXAL  E  SUFIXAL
10-     Em+rico+ecer =   ENRIQUECER  /  processo :  DERIVAÇÃO  PARASSINTÉTICA                                                   III-  Coloque  entre  parênteses  para  DERIVAÇÃO :     1- PREFIXAL/          2- SUFIXAL /                                           3- PREFIXAL e SUFIXAL/          4- PARASSINTÉTICA :
  •  
  •  
     (   4  )  embarcar ,  envelhecer , amortecer /   (  2   )  rinite , maldade , livreco  , pontaria
  •  
 
  IV-  Numere  os  exemplos  de  composição :  (  1  )  justaposição   /   (  2  )  aglutinação .
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

 
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »