03/01/2018 às 10h42min - Atualizada em 03/01/2018 às 10h42min

39,1% dos leitores desejam mais empregos para o município de Leopoldina em 2018

Para 26,5% a opção escolhida foi o fim dos buracos nas ruas, enquanto o trânsito mais organizado e o saneamento de todos os córregos vêm em seguida com 11,3%.

Luiz Otávio Meneghite
Todos os anos as pessoas se cumprimentam desejando um Feliz Ano Novo, sem, contudo, especificar uma coisa boa que gostaria que acontecesse. Os desejos, em geral, são para coisas boas acontecerem para os seus semelhantes ou para a cidade de Leopoldina.

Como jornalista editor do jornal Leopoldinense, recebo diariamente via e-mail, telefone ou contato pessoal, queixas, críticas e anseios dos leitores. A maioria das manifestações é de críticas, em algumas ocasiões pouco sensatas, nada construtivas. Mas existem pessoas que desejam o melhor para a cidade em que moram e expõem seus desejos de que coisas boas aconteçam para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos.

Os desejos em sua maioria são para que não se repitam os maus momentos do ano que chegou ao fim e que se encontrem soluções ou alternativas para aquilo que não correu bem em 2017 e anos anteriores. Esses desejos, para se tornarem realidade, dependem mais do poder público que da iniciativa privada.

É possível que muitas das manifestações críticas sejam tendenciosas e contenham posições político-partidárias, assim como fartos elogios possam ser colocados sob suspeição pelo mesmo motivo.

Os desejos de melhoria para Leopoldina poderiam elencar uma lista enorme. Afinal, cada cabeça uma sentença, não é mesmo? Quem sabe, a construção de mais casas populares; a criação de novos cursos técnicos e de graduação gratuitos no Cefet; a abertura de novos postos de trabalho; o saneamento de todos os córregos que cortam a cidade; melhoria na limpeza pública; fim dos buracos nas ruas e avenidas; uma sinalização de trânsito que coloque fim ao caos atual.
Construção de casas populares no Imperador é insuficiente
As fotos que ilustram esta matéria são apenas algumas de dezenas que poderiam ser mostradas para justificar o desejo dos leopoldinenses para o Ano Novo. O Centro de Distribuição construído estrategicamente no início da BR 267, rodovia que liga Leopoldina a Juiz de Fora ficou pouco tem em funcionamento deixando quase uma centena de pessoas desempregadas. Como ele, existem vários prédios comerciais ou industriais fechados que poderiam estar gerando emprego e renda em Leopoldina.
CD da Zema -exemplo de empreendimento fechado

O caos no trânsito de Leopoldina já poderia ter sido solucionado com o fim de privilégios e a criação do estacionamento rotativo. Sua adoção resultaria de imediato na melhoria do fluxo de veículos com reflexos na regularização dos horários do transporte coletivo urbano e no atendimento pelos táxis.
Estacionamento junto ao semáforo na Praça General Ozório estrangula o trânsito (Foto João Gabriel B. Meneghite)

O fim dos buracos na pavimentação de ruas e avenidas é outro desejo manifestado na enquete. As operações tapa buracos não podem continuar a serem feitas por pessoas não especializadas que onde mexem deixam sobrar paralelepípedos, o que virá, fatalmente, mais à frente, facilitar o surgimento de outros buracos. Existem casos, na verdade descasos, que são o exemplo da justificativa para as reclamações dos usuários das vias públicas. A pavimentação em bloquetes intertravados na avenida Acácio Serpa foi malfeita, sem base adequada e o enrugamento nas proximidades do Posto Novo Milénio completa em 2018, sete anos sem solução.
Pavimentação próximo ao Posto Novo Milênio faz 7 anos deste jeito(Foto João Gabriel B. Meneghite)

O saneamento dos córregos, felizmente foi iniciado beneficiando as bacias dos córregos Jacareacanga e Três Cruzes. Mas, como estamos em fim de governo federal, a execução do serviço no Feijão Cru e Quinta Residência ainda é uma incógnita e vai depender, mais do que de dinheiro, do resultado das urnas de outubro.


Com o único objetivo de proporcionar aos leitores uma forma de se manifestarem sobre o que desejam de bom para Leopoldina no Ano Novo, formulamos a enquete> O que você deseja para Leopoldina em 2018? Para não se tornar uma enquete cansativa escolhemos apenas seis opções de respostas para votação. O resultado pode ser conferido no infográfico abaixo:
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »