22/01/2018 às 17h04min - Atualizada em 22/01/2018 às 17h04min

Artigo sobre Dick Farney e Lúcio Alves

WALDEMAR PEDRO ANTÔNIO
Cantinho  Musical  fará  neste  espaço  cultural  uma  trajetória  artística  de  dois  intérpretes  considerados  perfeccionistas  do grave e da dissonância   que  deixaram  perpetuadas  na  memória  de  seus  fãs  canções  inesquecíveis  :  “  DICK  FARNEY  e  LÚCIO  ALVES  “

  1 .    Dick Farney   tem uma trajetória singular ao se destacar como cantor romântico, músico reconhecido nos Estados Unidos, atuante consolidador do samba-canção no Brasil, pianista criativo e improvisador com grande versatilidade jazzística, intérprete moderno e uma das principais influências para os músicos modernos, como os jovens que apreciam a bossa nova . Ao explodir a Bossa Nova, sua forma "moderna" de cantar adaptou-se perfeitamente à nova vertente, e ele se manteve sempre ativo, com grande sucesso e respeito de seus colegas e fãs. Além de excepcional pianista, possuía voz de timbre abaritonado, bastante afinada, revelando um insuperável bom gosto nas interpretações . As luzes começam a iluminar um dos períodos injustamente menos revisitados da música brasileira.  Se precisava de uma efeméride para reverenciar o homem chamado por muitos de “pai da Bossa Nova”, ela também existe. Foi  em 1946, que sua voz de seda surgia interpretando  Copacabana,  a faixa inaugural da linguagem que movimentaria o País por décadas batizada de samba-canção.

      
Iniciaremos  a  triagem  musical  de  DICK  FARNEY  , por  uma  canção  composta  por  João  de  Barros ( braguinha )   e  Antônio  Almeida   ,  sucesso absoluto que lhe abriu as portas do mercado brasileiro .  Essa gravação contribui para projetar nacionalmente o bairro litorâneo carioca:   “   COPACABANA  “  .  [ “ / Existem praias tão lindas,cheias de luz / Nenhuma tem o encanto que tu possuis / Tuas areias / Teu céu tão lindo / Tuas sereias  / Sempre sorrindo. / Copacabana, princesinha do mar / Pelas manhãs tu és a vida a cantar / E a tardinha, o sol poente / Deixa sempre uma saudade / Na gente. / Copacabana, o mar eterno cantor / Ao te beijar ficou perdido de amor / E hoje vivo a murmurar / Só a ti Copacabana / Eu hei de amar./ “  ]  .


 José Maria De Abreu  e  Jair Amorim  compuseram  uma  canção  que  se  eternizou  na  suave  voz  de  Dick  Farney  cujo  tema expressa  a  perda  de  um  amor  e  a  certeza  de  outro  encontrar , porém  jamais será  igualada  a  paixão  sentida  pela  pessoa  amada :  “  ALGUÉM  COM  TU   “ .                    [ “ / Alguém como tu / Assim como tu / Eu preciso encontrar / Alguém sempre meu / De olhar como o teu / Que me faça sonhar / Amores eu sei / Na vida eu achei / E perdi / Mas nunca ninguém desejei / Como desejo a ti / Se tudo acabou / Se o amor já passou / Há de um sonho ficar / Sozinho estarei / E alguém eu irei  procurar / Eu sei que outro amor posso ter / E um novo romance viver / Mas sei que também / Assim como tu / Mais ninguém . / . “  ]  .



Nesta  canção ,  Dick  Farney  constitui  um  dueto  com  Lúcio  Alves  em  que  o  diálogo  musical  descreve  a  beleza  de  uma  musa  da  praia  carioca  falando  desse  novo  amor  do  Leblon ,  entretanto  que  a  bela  moça  é  grande  amor  de  todos e  deixe-a ficar  como  parte  da  natureza  :   “   TEREZA  DA  PRAIA   “  .  [ “ /  Lúcio  Arranjei novo amor no Leblon / Que corpo bonito, que pele morena / Que amor de pequena, amar é tão bom! / O Dick! Ela tem um nariz levantado, / Os olhos verdinhos bastante puxado / Cabelo castanho e uma pinta do lado / É a minha Tereza da praia / Se é tua é / minha também / O verão passou todo comigo / O inverno pergunta com quem / Então vamos a Tereza na praia deixar / Aos beijos do sol e abraços do mar  / Tereza é da praia, não é de ninguém /  Não pode ser tua ...  / Nem minha também / Tereza é da praia / Não é de ninguém / . “ .  ]  . 


Dick  Farney  compôs  e  interpretou  esta  bela  canção  que  manifesta  uma  imensa  e  pura  declaração  de  amor  amparada  por  carícias  e  desejos  ardentes   próprios  de  uma  paixão  :  
“  PERDIDO  DE  AMOR   “  . [ “ / Perdido de amor, perdido estou por você / Amar seu olhar, seus lábios beijar, é viver ... / A luz do luar, eu fico a cantar pra você, / Num verso que diz: “serei tão feliz com você”, / Perdido de amor, perdido estou por você, / Seu beijo sensual, carícia ideal não posso esquecer / E vivo a sonhar, seu nome a chamar, só penso em você, / Perdido de amor, perdido estou por você ... / Perdido de amor, perdido estou por você / Seu beijo sensual, carícia ideal não posso esquecer / E vivo a sonhar, seu nome a chamar, só penso em você, / Perdido de amor, perdido estou por você .../ “   . 



Tom  Jobim ,  com  a  mais  simplicidades  poética   e  amparado  por  bela  interpretação  de  Dick  Farney  ,    encontra  no  gesto  do  olhar  uma  profunda  desilusão  que  é  imediata  quando  não  consegue  traduzir  os  dizeres  do  olhar  da  amada  :    “   ESTE  SEU  OLHAR   “ . [ “ / Este seu olhar quando encontra o meu / Fala de umas coisas / Que eu não posso acreditar / Doce é sonhar, é pensar que você / Gosta de mim como eu de você / Mas a ilusão quando se desfaz / Dói no coração de quem sonhou / Sonhou demais, ah! se eu pudesse entender / O que dizem os seus olhos / . “  ]  .





Encerrando  a  série  de  Dick  Farney  , optamos  por  uma  bela    canção   composta  por  Carlos  Guinle   e  Dorival  Caymmi  que  versa  sobre  uma  declaração  amorosa e  não  vendo  solução  para  amenizar  essa  paixão  que  lhe  tirou  totalmente  a  paz  e  uma  indecisão  quanto  ao  amor  demais  :      “  NÃO  TEM  SOLUÇÃO   “ .   [ “ / Aconteceu um novo amor /  Que não podia acontecer  / Não era hora de amar /  Agora o que vou fazer?  / Não tem solução  / Este novo amor /  Um amor a mais / Me  tirou  a paz /  E eu que esperava  / Nunca mais amar /  Não sei o que faço  / Com esse amor demais / . “  ]  .





  2 .       LÚCIO   ALVES   foi  cantor, arranjador, violonista e compositor. Mineiro da cidade de Cataguases, aos 7 anos muda-se com a família para o Bairro de Vila Isabel, no Rio de Janeiro, e aprende a tocar violão com o pai. Suas primeiras influências musicais vêm de cantores  brasileiros, como Orlando Silva, e de norte-americanos, como Bing Crosby . Considerado um dos maiores cantores brasileiros do fim da década de 1940 até meados de 1950, Lucio Alves inicia a carreira musical muito jovem. Aos 14 anos é profissional e convive com artistas mais velhos  : compositores e intérpretes mais experientes, como Haroldo Barbosa e Isaura Garcia, também responsáveis pelo sucesso de sua canção De Conversa em Conversa

     Passemos  agora  ao  desfile  de  algumas  peças  musicais  interpretadas  pela  suave  voz  desse  magnífico  cantor  que  se  identifica  sempre  com  canções   maravilhosas .

  
Iniciaremos  com  uma  música composta em  parceria  com  Haroldo  Barbosa  que  é  a  configuração  da  imagem  de  LÚCIO  ALVES  cuja  mensagem  transmite  uma  angústia  pela  certeza  do  fim  de  um  romance  : “ DE  CONVERSA  EM  CONVERSA   “ .     [ “  / Oi, de conversa em conversa  / Você vai arranjando um meio de brigar  / Oi, de palavra em palavra você está querendo  / É nos separar /  Parece até que o destino uniu-se com você  / Só pra me maltratar /  Pois cada dia que passa é mais uma tormenta  / Que eu deixei ficar  / Nosso viver não adianta  / É melhor juntarmos nossos trapos  / Arrume tudo que é seu  / Que eu vou separando os meus farrapos /  Vivendo dessa maneira  continuar é besteira  / Não adianta não, não, não  / O que passou é poeira  / Deixa de asneira que eu não sou limão /  Não sou limão, eu não! / . “   ]  .


Em  uma  linda  apologia  ao  Rio  de  Janeiro  com  suas  belezas  naturais ,  Antônio  Maria  e  Ismael  Netto  compuseram  uma  bela  valsa  em  justa  homenagem  à  Cidade  Maravilhosa   com  um  competente e  brilhante   reforço  vocal  da  voz  suave  de  Lúcio  Alves  :       “  VALSA  DE  UMA  CIDADE  “  .  [ “ / Vento do mar no meu rosto / E o sol a queimar, queimar / Calçada cheia de gente / A passar e a me ver passar / Rio de Janeiro gosto / De você / Gosto de quem gosta / Deste céu, deste mar / Desta gente feliz / Bem que eu quis / Escrever um poema de amor / E o amor / Estava em tudo que eu vi / Em tudo quanto eu amei / E no poema que  eu fiz / Tinha  alguém  mais / Feliz que  eu / O meu  amor que  não / Me  quis / . “  ]  .     



Agora  a  justa  homenagem  é  para  o  cartão-postal  do  Rio  de  Janeiro .  Dorival Caymmi  e  Carlos Guinle  compuseram  uma  maravilhosa  canção , exaltando  toda  beleza  de  viver  e  conviver   com  os  ótimos  momentos  em  Copacabana  com  muitas  cenas  de  prazer  e  de  lazer , expondo  a imensa  satisfação de passar um :“ SÁBADO   EM   COPACABANA  “  .   [ “ /  Depois de trabalhar uma semana / Meu sábado não vou desperdiçar / Já fiz o meu programa / Pra esta noite / E já sei por onde começar. / Um bom lugar,pra se encontrar / Copacabana, / Pra passear a beira mar / Copacabana, / Eu esperei por esta noite, / Uma semana. / Um bom jantar,depois dançar, / Copacabana, / Pra se amar,um só lugar, / Copacabana! / A noite passa tão depressa, / Mas, vou voltar cá pra semana! / Se eu encontrar um novo amor, / Copacabana. / . “  ]  


Dolores   Duran  compôs  uma  bela  canção  e  Lúcio  Alves   deu , com  sua  voz  aveludada , mais  vida  a  um  depoimento  poético que  tem  como  tema  as  lamentações  de  desgaste  no  relacionamento  amoroso  , levando  a  indiferença  nas  tônicas  do  amor  a  certeza  de  que  o  desenlace  é  inevitável  :   “  FIM  DE  CASO   “  . [ “ /  Eu desconfio   / Que o nosso caso está na hora de acabar / Há um adeus em cada gesto em cada olhar / Mas nós não temos é coragem de falar / Nós já tivemos / A nossa fase de carinho apaixonado / De fazer versos / De  viver sempre abraçados / Naquela base de só vou se você for / Mas de repente / Fomos ficando cada dia  mais sozinhos / Embora  juntos cada qual tem seu caminho / E já não temos nem vontade de brigar / Tenho pensado / E Deus permita que eu esteja errado / Mas eu estou / Ah, eu estou desconfiado / Que o nosso caso está na hora de acabar / . “  ]  . 


Ainda  da  magnífica  Dolores  Duran  ,  uma  canção  que  explicita  em  cada  verso  a  reação  de  defesa  quando  se  perde  um  grande  amor , demonstrando  que  o  sentimento  de  perda  é  efêmero  e  que  logo  segue  o  esquecimento  e  uma  nova  paixão :   “  IDEIAS  ERRADAS  “  .  [ “ / Não faça ideias erradas de mim /  Só porque eu quero você tanto assim / Eu gosto de você mas não esqueço /  De tudo quanto valho e mereço  / Não pense que se você me deixar /  A dor será capaz de me matar  / De um verdadeiro amor não se aproveita  / E não se faz senão aquilo que merece  / Depois ele se vai, a gente aceita /  A gente bebe, a gente chora, mas esquece / . “   ]  .



Encerrando  o  desfile  de  alguns  sucesso  de  Lúcio  Alves, apresentaremos  uma  canção  de  Roberto  Menescal  que  foi  uma  grande  destaque  no  Movimento  da  Bossa  Nova ,  apesar  da  simplicidade  temática  em  um  modelo  comparativo  entre  o  barquinho  e  o  amor  :  “ O   BARQUINHO   “ . [ “ / Dia de luz, / festa  de  sol / e  o barquinho  a  deslizar / no  macio  azul  do mar. / Tudo   é  verão, / O   amor  se  faz / num   barquinho  pelo  mar, / que   desliza   sem  parar, / sem   intenção,  nossa   canção / vai   saindo  desse  mar / e  o  sol  beija o  barco e  luz, / dias  tão azuis. / Volta do mar, / Desmaia  o sol / e  o barquinho  a  deslizar. / a  vontade de cantar / Céu tão azul, / Ilhas  do  sul / e  o barquinho é um  coração / deslizando   na  canção. / Tudo  isso   é  paz, / Tudo   isso  traz / uma  calma de verão e  então / o  barquinho  vai, / a  tardinha  cai, /     o  barquinho  vai. / . “  ]  .
 
              O  Cantinho  Musical  , neste  artigo , procurou  selecionar  dois  cantores  com  características  vocais  semelhantes  e  um  equilíbrio  na  escolha  criteriosa  das  canções  entoadas  pelas  vozes  maravilhosas  de  Dick  Farney   e  Lúcio  Alves . Esperamos que  a  coletânea  apresentada  seja  do  agrado  de  quem  curte  boas  músicas .
 
Waldemar   Pedro  Antonio                 e-mail  :   [email protected]
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »