03/02/2016 às 16h22min - Atualizada em 03/02/2016 às 16h22min

Sonho meu, sonho meu, vai buscar a rainha do samba, sonho meu: Dona Ivone lara

O  CANTINHO  MUSICAL  ,  honrosamente ,  abre  seu  espaço  para homenagear  a RAINHA  DO  SAMBA  ,  DONA  IVONE  LARA .  Falar  de uma mulher que é respeitada no mundo do samba  por sua competência criativa , sua veia poética  e uma ternura inigualável  é tarefa árdua para quem será responsável  em desmembrar  vida  e  obra  de um  ÍCONE  feminino  da  MÚSICA  POPULAR  BRASILEIRA  .    Compositora  de primeira linha ,  tem  em seu currículo    musical  verdadeiras  joias  em parceria como baluartes  do samba como Silas de Oliveira , Mano Décio da Viola  e outros  grandes compositores  do nosso cancioneiro . Há uma bela simbiose entre Dona Ivone Lara  e Escola de Samba  Império Serrano  : não  se  fala  de  Império  Serrano  sem  constituir na memória a imagem da Rainha  do  Samba ; e está  , hipoteticamente  , presente na coroa , símbolo  da Escola de Samba  ,  a figura magistral  de Dona Ivone Lara .   
     
      Yvonne  Lara  da Costa  nasceu no dia  13 de abril de 1921 , em Botafogo , bairro do Rio de Janeiro . Iniciou-se como sambista  compondo para Escola de Samba Prazer da  Serrinha , no bairro de Madureira . Em 1947 , com a fundação do Império  Serrano , passou a desfilar na ala das baianas , consagrando-se , em 1965 , como a primeira mulher a  fazer parte da  ala  de compositores da escola de samba Império Serrano . Daí em diante passou a dedicar-se , exclusivamente , à carreira artística , produzindo  belas canções  que enriqueceram  o mundo do samba, tendo suas composições  interpretadas e gravadas por excelentes artistas da  MÚSICA  POPULAR  BRASILEIRA .
 
Já que abordagem é sobre escola de samba , iniciaremos com uma bela composição de   Dona Ivone Lara  onde ela,  magistralmente , cria um tema que mescla dois eixos semânticos , entrelaçando em um processo de causa e efeito ,  fazendo  uma bela comparação entre o mundo que envolve os detalhes de um DESFILE  de uma escola de samba  e o canto lírico pelo  fracasso de  AMOR , constituindo   “   ENREDO  DO  MEU  SAMBA  “ . 

[ “ / Não entendi o enredo / Desse samba, amor , / Já desfilei na passarela do teu / Coração / Gastei a subvenção  / Do amor que você me entregou / Passei pro segundo grupo e com razão / Passei pro segundo grupo e com razão / ( Não entendi ... ) / Meu coração  carnavalesco / Não foi mais que um adereço / Teve um dez em fantasia / Mas perdeu em harmonia / Sei que atravessei um mar / De alegorias / Desclassifiquei o amor de tantas alegrias / Agora  eu sei / Desfilei sob o aplauso da ilusão / E hoje tenho esse samba de amor , por comissão / Fim do carnaval / Nas cinzas pude perceber / Na apuração perdi você / . “  ]  . 

Dentre todas as vozes na arte do canto musical  em defesa  da raça negra , a canção  de Dona Ivone Lara expressa o verdadeiro valor do negro na sociedade , demonstrando  traços positivos que os preconceituosos não veem e que está estampado em um    “  SORRISO  NEGRO  “ . 

[ “ / Um sorriso negro / Um abraço negro / Traz felicidade / Negro sem emprego / Fica sem sossego / Negro é a raiz da liberdade  / Negro é uma cor de respeito / Negro é inspiração / Negro é silêncio é culto / Negro é a solução / Negro que já foi escravo / Negro é a voz da verdade / Negro também é amor / Negro também é saudade / . “ ]  . 









Dona Ivone Lara  demonstra , nesta bela canção , a tentativa da reconciliação de um amor perdido sendo negado por causa de  um passado de turbulência  amorosa , não acreditando no pedido renovado do amor , optando pela paz duradora e feliz e não querendo no apelo    “  ACREDITAR  “ . 



[ “ / Acreditar , eu não / Recomeçar , jamais / A vida foi enfrente / Você simplesmente não viu que ficou pra trás / Não sei se você me enganou / Pois quando você tropeçou / Não viu o tempo que passou / Não viu que ele me carregava / E a saudade lhe entregava / O aval  da imensa dor / E  eu que agora   moro nos braços da paz / Ignoro o passado / Que hoje você me traz / E eu que agora moro nos braços da paz / Ignoro o passado / Que hoje você me traz / . “ ]  . 

No período medieval da Literatura  Portuguesa ,  as cantigas de amor , manifestação poética dos trovadores , tinham  como tema  a expressão  “ Coita  de  Amor  “ que simboliza  o sofrimento da pessoa amada por um amor inatingível , consequentemente ,  uma grande tristeza . A perda de uma paixão  envolve também um ar melancólico , e , nesta canção,  Dona Ivone Lara  usa e abusa do emprego metafórico , expressando , ideologicamente ,  o triste sofrimento da pessoa amada ,  manifestado  em uma frase   apaixonada e sincera  “   MAS  QUEM  DISSE  QUE  EU  TE  ESQUEÇO  “ . 

[ “ / Tristeza rolou nos meus olhos do jeito que eu não queria / Invadiu meu coração , que tamanha covardia / Afivelaram meu peito pra eu deixar de te amar / Acinzentaram minh’alma , mas não secaram o olhar / Saudade , amor , que saudade / Que me vira pelo avesso , e revira meu avesso / Puseram a faca em meu peito / Mas quem disse que eu te esqueço  / Mas quem disse que eu mereço / Laiá ... la laiá ... la laiá...  la laiá ... La laia .../ La laia ... La laia ... La laia ... La laia ... La laia ...  laia ...  / . “  ]   .






As  canções de Dona Ivone Lara apresentam , quase sempre como característica , temas oníricos , numa tentativa de fugir da realidade , apoiando-se em sonhos maravilhosos . Neste samba  cadenciado ,  há um canto melancólico de uma  indesejável  solidão , determinando a presença do amado  , através de um apelo ao  “  SONHO  MEU  “  . 



[ “ /  Sonho meu , sonho meu , / Vai buscar quem mora longe , sonho meu , /(BIS) / vai mostrar esta saudade , sonho meu , / Com a sua liberdade , sonho meu , / No meu céu a estrela-guia se perdeu / A madrugada fria só me traz melancolia , / Sonho meu , / Sinto o canto da noite na boca do vento / Fazer a dança das flores no meu pensamento / Traz a pureza de um samba / Sentido , marcado de mágoas de amor /Um samba que mexe o corpo da gente / E o vento vadio embalando a flor , / Sonho meu / . “  ]   .  

Dona Ivone Lara e Delcio  Carvalho formaram ,  no mundo do samba , uma  magnífica dupla de compositores , construindo belas canções  que foram grandes sucessos . Neste samba  , exploram uma relação entre a melancolia e o contentamento ,  demonstrando cada estado de espírito de acordo com o fenômeno natural . A noite representa o momento de tristeza  , de aflição  que se desnuda com a chegada do dia , trazendo alegria  , sentimento de prazer  , esperança e um canto especial  entoado no   “   ALVORECER  “ . 

[ “ / Olha como a flor se acende / Quando o dia amanhece / Minha mágoa se esconde / A esperança  aparece / O que me restou da noite / O cansaço , e a incerteza / Lá se vão na Beleza deste lindo alvorecer / E este mar em revolta que canta na areia / Tal a tristeza que trago minhalma canteia / Quero solução sim... pois quero cantar / Desfrutar desta alegria / Que só me faz despertar do meu penar / E este canto bonito que vem da alvorada / Não é meu grito aflito pela madrugada / Tudo tão suave ... liberdade em cor / O refúgio da alma vencida  pelo desamor / . “ ] .  


Uma desavença entre casais é comum, mas quando há a separação devido à incompreensão de uma das partes , o que se tem de fazer , para uma reconciliação , é mudar de atitude e ceder aos  caprichos .  Outra dupla fantástica , Dona Ivone Lara e Jorge Aragão compuseram um samba cujo tema versa sobre o comportamento transformado  do casal , fato que representa  uma   “   TENDÊNCIA   “ .  

[ “ / Não pra que lamentar o que aconteceu era de esperar / Se eu lhe dei a mão foi por me enganar , foi por entender / Que o amor não pode haver ... sem compreensão / A desunião tende aparecer / E aí está o que aconteceu / Você destruiu o que era seu / Você entrou na minha vida usou , abusou , fez o que quis / E agora se desespera dizendo que é infeliz / Não foi surpresa pra mim , você começou pelo fim / Não me comove o pranto de quem é ruim ... e  assim .../ Quem sabe essa mágoa passando você venha se redimir / Dos erros que tanto insistiu por prazer pra vingar-se de mim / Diz que é carente de amor , então você tem de mudar / Se precisar , pode me procurar / . “  ]  .




Em um grande desabafo musical   ,  Dona Ivone Lara  deixa  transparecer , através desta canção , um desejo de liberdade para compor o que mais representa em sua vida : o samba . Com base em uma declaração musical bem estruturada   poeticamente , ela revela  todo o seu anseio criativo na feitura de suas obras  em   “   MINHA  VERDADE  “  . 

[ “ /  Eu tenho a minha verdade / Fruto de tanta maldade que já conheci / Me deixa caminhar a minha vida / Livremente / O que desejo é pouco / Pois não duro eternamente / Nada poderá me afastar do que eu sou  / Amor , é o meu ambiente / Nada poderá me afastar do que eu sou / Me deixa por favor / Do bom samba sou escravo / Seu fascínio me apertou / Traçou-me este destino / E meu sonho menino se concretizou / Deixe-me agora sonhar / Seguir sem pensa numa desilusão / Que o amor simplesmente / Se faça presente no meu coração / Eu  tenho .... / . “ ]  . 






O grande fascínio pelo samba inicia-se ainda nos primeiros momento em que se entra em contato com  ele . A bela canção  expressa um verdadeiro argumento de alguém que fora requisitado  para   juntar-se e participar  , com outros sambistas ,  de   uma roda de samba e não mais se afastando do convívio   , porque  simplesmente  “  ALGUÉM  ME  AVISOU   “ .  



[ “ /  Foram me chamar , / Eu estou aqui , o que é que há  / ( 2 X ) / Eu vim de lá , eu vim de lá pequenininho / Alguém me avisou pra pisar neste chão devagarinho  / ( 2 X ) / Sempre fui obediente / Mas não pude resistir / Foi numa roda de samba / Que juntei-me aos bambas / Pra me distrair / Quando eu voltar para Bahia / Terei muito que contar / Ó padrinho , não se zangue / Que eu nasci no samba / E não posso parar / Foram me chamar ..../ . “ ]  .

Mesclando o nome de um pássaro  “ Tiê-sangue “  com  uma expressão      “  Oialá-oxa “ que 
costumava ouvir  da avó moçambicana , surgiu um samba , entoado até hoje nos encontros de sambistas , exaltando maravilhosamente a figura do pássaro que guardara na lembrança . A canção que expressa uma enorme paixão pela ave levou o nome  de   “   TIÊ  “ . 

[ “ /  Tiê , tié , olha lá ... Oxá  /  Tiê , tié , olha lá ... Oxá  / Passarinho estimado  / Que me deu inspiração / Dos meus tempos de criança /  Guardei  na lembrança esta recordação / Representava para mim / Carinho , amor e paixão / Lembrar do tié / Despertou meu coração / Tiê , tié , olha lá ...Oxá / Tiê , tié , olha lá ... Oxá  /  A estrela no céu corre / Eu também quero correr / A estrela atrás da lua / Eu atrás do meu tié / Bem que vovó me dizia /  Criança , olha lá tome cuidado / Oxá  esse seu passarinho  / Está mal acostumado / Tiê , tié , olha lá ... Oxá / Tiê , tié , olha lá ... Oxá  / .  “ ]  .  




Em 1965 , em parceria com  SILAS DE OLIVEIRA  e BACALHAU  , Dona  Ivone  Lara  compôs um dos mais belos sambas-enredo na história dos desfiles das escolas do primeiro grupo , o que a tornou a primeira mulher a fazer parte da ala dos compositores  da Escola de Samba Império Serrano  , com o tema   “   OS  CINCO  BAILES  DA  HISTÓRIA  DO  RIO  “  . 



[ “ /  Lara ia , laraia , laraia raia , / Carnaval / Doce ilusão / Dê-me um pouco de magia / De perfume e fantasia / E também de sedução / Quero sentir nas asas do infinito  / Minha imaginação / Eu e meu amigo Orfeu /Sedentos de orgia e desvario / Cantaremos em sonho / Cinco bailes na história do Rio / Quando a cidade completava vinte anos de existência / Nosso povo dançou / Em seguida era promovida a capital  / A corte festejou / Iluminado estava o salão / Na noite da coroação / Ali no esplendor da alegria / A burguesia fez sua aclamação /  Vibrando de emoção  / Que luxo , a riqueza / Imperou com imponência / A beleza fez presença / Condecorando a independência /  Ao erguer a minha taça / Com euforia / Brindei aquela linda valsa  / Já no amanhecer do dia / A suntuosidade me acenava / E alegremente sorria / Algo acontecia /Era o fim da monarquia  / . “  ]   .

     O  CANTINHO  MUSICAL   encerra  um pequeno  demonstrativo da imensa obra dessa  RAINHA  maravilhosa que é orgulho de todos os seus súditos na corte do samba . Homenageando nossos  artistas , mesmo com exposições simplificadas , certamente contribuímos para a preservação de nosso cancioneiro  na divina galeria das  canções  contidas no acervo da   MÚSICA  POPULAR  BRASILEIRA  .
 
           “   QUANDO  DEUS  CEDEU  GRANDES  PODERES  ÀS  MULHERES  PARA  QUE  TORNASSEM  O  MUNDO  MAIS  LÍRICO  E  AMOROSO  ,  DEU-LHES  , TAMBÉM,  O INDICATIVO PELA  MÚSICA  PARA OBJETIVAR A CONQUISTA . A  CONSTATAÇÃO  DESSA  TAREFA  DIVINA   EXPLICA  A  SUBLIME  CRIATIVIDADE  MUSICAL DE DONA  IVONE  LARA  , ENRIQUECENDO ,  CARINHOSAMENTE,   ATRAVÉS DE SUAS OBRAS  ,  O  MUNDO  DO  SAMBA  !  “
 
 
Waldemar  Pedro  Antonio  
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »