28/04/2017 às 21h35min - Atualizada em 28/04/2017 às 21h35min

Na era do rádio, os boleros eram executados na voz de Anísio Silva

WALDEMAR PEDRO ANTÔNIO
      O  Cantinho   Musical  apresentará  neste  espaço  algumas  canções  que  marcaram  época  de  um  intérprete   que,  para  uns,  era  considerado  o  Rei  dos  Boleros  , para  outros,  não  passava  de  um  cantor  brega , mas  na  calada   das  noites  ouviam  suas  músicas  e  curtiam  suas  gravações  apresentadas  com  imensa  emoção  na  voz  de  “  ANÍSIO   SILVA  “ .  

     Anísio Silva  nasceu a 29 de julho de 1920 numa fazenda, hoje pertencente ao município baiano de Rio do Antônio, na época território da cidade de Caculé .  Iniciou sua carreira em 1952, no Rio de Janeiro, já no estilo romântico. Em 1957, assinou contrato com a gravadora Odeon, na qual viveria a melhor fase de sua carreira. Depois de tentativas frustradas em pequenas gravadoras, alcançou o sucesso em 1957, ao gravar na Odeon o bolero Sonhando contigo, de sua autoria em parceria com Fausto Guimarães. Em 1960, com o disco Sonhando contigo, tornou-se o primeiro artista brasileiro a ganhar um disco de ouro.

  
Iniciaremos  as  apresentações  de  algumas  canções  desse  cantor  que  , de  certa  forma  , agradou  muitíssimo  aqueles  adeptos  às linhas  musicais   românticas . A música  para  varar  a  madrugada  é  “  Alguém  me   Disse “ ,  de  Jair  Amorim  e  Evaldo  Gouveia .  A  canção  que  tanto  fez  sucesso  na  voz  de  ANÍSIO  SILVA  versa  sobre alguém  que  insaciavelmente  no  amor  busca  vários  parceiros  tendo  um  jeito  especial  de  enganá-los fingindo  seu sentimento  de paixão ,  o que  o  relator  da  mensagem  na  canção  destaca  em   cada  verso .   “   ALGUÉM   ME   DISSE   “ .  [ “  /  Alguém me disse / Que tu andas novamente / De novo amor, nova paixão / Toda contente / Conheço bem tuas promessas / Outras ouvi iguais a essas / E esse teu jeito de enganar / Conheço bem / Pouco me importa / Que te beijam tantas vezes / E que tu mudes de paixão /Todos os meses / Se vais beijar, como eu bem sei / Fazer sonhar, como eu sonhei / Mas sem ter nunca / Amor igual ao que eu te dei. / . “  ]  . 




Esta  canção  que  fez  muito  sucesso  foi composta  por  Anísio  Silva  e  Fausto  Guimarães relata  enorme  desilusão  e  um  interminável  sofrimento da  pessoa  amada  sobre  a  perda  de  um  grande  amor ,  resultando  uma  lembrança  interminável  , causada  pelo  fato  de  estar   “  SONHANDO   CONTIGO  “  .      [ “ / Mais uma luz se apaga, mais um sonho que chega ao fim,  / Mais uma vez a saudade está vivendo em mim  / Mais uma hora que passo de tristeza na vida,  / Mais uma vez eu abraço a ilusão que está perdida  / Mais um dia que passo pensando, sonhando contigo,  / Mais uma noite que passo acordado sem poder dormir / Quem me dera pudesse saber quanto tenho sofri- do  / Nestas horas que ausente passei tão distante de ti / ( BIS)  / . “   ]  . 




 Em  nosso  cancioneiro  estão  sempre  presentes  temas  musicais  que  são  verdadeiras  declarações  amorosas . Para  não  fugir  à  regra , esta  canção  aborda  tal  conteúdo  com  muita  convicção  da  pessoa  amada,  externando  uma  grande  paixão , pedindo  respeitosamente : “ QUERO  BEIJAR-TE  A  MÃO “. 
[ “  /  Quero beijar-te as mãos / Minha querida / Senta junto de mim / Vem, por favor / És o maior enlevo / Da minha vida / És o reflorir do meu amor / Sinto nesta ansiedade / Que minha alma invade / Que me faz sofrer / A luz de um divinal querer / Eterna glória de viver / Se tu me quiseres tanto / Quanto eu que vivo / Para te adorar / Será um mundo de esplendor / O nosso amor / Amor, nosso amor / . “  ]  . 




Toda  canção  é  o  lamento  de  um  apaixonado  que  perdera  seu  grande  amor  .  A  música  é  um  questionamento  sobre  quem  não  sofreu  por  amor  depois  que  é  desprezado.  O  conteúdo  básico  da  melodia  é  um  clamor  para  ter  a  sua   amada  de  volta ,  porque  sem  ela  será  o  fim dele :    “   QUEM   É   “   [ “  /  Quem é, que não sofre, por alguém / Quem é, que não chora, uma lágrima sentida / Quem é, que não tem um grande amor / Quem é, que não chora uma grande dor /  Deus meu Deus, / Traga pra junto de mim / Este alguém que me faz chorar / Que me faz sofrer tanto assim / Deus meu Deus,  / Tenha piedade de mim / Faça com que ela volte / Viver sem ela, será o meu fim / (Declamado) /  "Quem é, que não sofre, por alguém / Quem é, que não chora, uma lágrima sentida / Quem é, que não tem um grande amor / Quem é, que não chora uma grande dor / Eu sofro, como tu sofres também / Mas um dia virá, em que eu for para a eternidade, / E meu sofrimento chegar ao fim / Eu sei meu amor, nem mesmo você  / Vai chorar por mim" / Deus meu Deus,  / Tenha piedade de mim / Faça com que ela volte / Viver sem ela, será o meu fim / . “  ]  .   


Laert  Santos  compôs  essa  bela  canção  e  Anísio  Silva  consagrou -  junto  com  muitos  sucessos  de  nossa  MPB .  O  tema  musical  expressa  uma  enorme  melancolia  , causada  pela  perda  de  um  grande  amor ,  entretanto  há  esperança  de  encontrar  a  pessoa  amada , porém  , ao  comparar  com  os  fenômenos  naturais  os  seus  sonhos  esperançosos , conclui  que  :   “  TUDO  FOI  ILUSÃO   “ .  [ “ / O sol que outrora brilhou em minha vida / Apagou-se, perdeu a luz, não brilha mais / Minha vida é uma noite sem lua e sem estrelas / Os meus sonhos foram somente sonhos e nada mais / E hoje cansado de tudo sigo os meus passos / Na esperança de um dia mais tarde te encontrar / E apertar-te amor em meus braços num abraço / E ver contigo o novo sol brilhar / Como as nuvens que passam vagando perdidas no espaço / Como a gota de orvalho caída perdida no chão / Eu também me perdi vou vagando passo a passo / Na esperança de um dia encontrar uma nova ilusão / . “  ]  .  



Anísio  Silva  fez  desta  canção  composta  por  Bidu  Reis  e  Murilo  Latini   um verdadeiro  sucesso  nos  programas  de  rádio.  A  música  é  uma  constatação  do  comportamento  de  uma mulher  que ,  por  interesse  em  riqueza  , despreza  totalmente  o  sentimento  do  amor  :                        “   INTERESSEIRA  “  .  [ “ / Interesseira, não amas ninguém / Não tens coração / Só causas o mal  / De quem te quer bem  / Interesseira, a mim não convém  / Adora o desejo, que farsa do teu beijo / E alma não tem / Interesseira, que adora a riqueza / E troca a ternura  / Do amor mais sincero  / Por uma aventura / Interesseira, procedendo assim / Verás que tua vida / Vazia sem guarida / Marcará teu fim  / ( BIS )  / . “  ]  .





A  memória  é  o  espaço  das  boas  e  más  lembranças . Nesta  canção  , há  uma  manifestação  da  pessoa  amada  que  perdera  sua  paixão  ,  declarando  que  a  imagem  bela  de  alguém  que  partiu  estará  guardada  no  pensamento,  e  presente   “  SEMPRE   NO  MEU   CORAÇÃO   “ . [ “ / Sempre no meu coração / Perto ou longe estarás / E ao cantar esta canção / Sei que jamais me esquecerás / Sempre no meu coração / Na alegria e na dor / Lembrarei com emoção / Que um dia tive o teu amor / Sempre no meu coração / O teu nome guardarei / E na minha solidão / Em minhas preces rezarei / E se nunca mais voltares / Pra ter fim os meus pesares / Guardarei teu vulto então / Sempre no meu coração / . “  ]  . 






Nesta  canção  composta  por  Evaldo  Gouveia  e  Jair  Amorim ,  há  um  questionamento  amoroso  sobre  o  paradeiro  da  pessoa  amada  que  partiu , deixando  o  coração  do  amante  esperançoso  do  retorno  e  sempre  a  perguntar :                  “  ONDE  ESTARÁS  “  .  [  Onde estarás / Nesta hora onde estarás / Em que coração / Qual o novo amor que tu  beijarás / Pobre de mim / Sempre, sempre a me perguntar / Que carinhos tens / Em que braço estás, quando voltarás / Dizem aí / Que é inútil esperar / E junto de ti / Alguém há de estar / Respondo que não / Sem mágoa ou rancor / Pois meu coração / Está onde estás amor / (BIS) /  .  ]  . 






O  tema  lembrança  é  um  companheiro  de  vários  compositores , sempre  motivados  na  separação  de  um  grande  amor . Anísio  Silva compôs  e  interpreta  esta  canção  que faz  uma  abordagem  saudosista  :   “  SEMPRE  COMIGO  “ .  [ “ / Sempre comigo em meu coração eternamente tu viverás / Mesmo distante sempre comigo tu estarás / Mesmo que a vida de mim te separe meu coração contigo há de ir / E eternamente tu viverás sempre comigo / Comigo porque só a ti eu vejo em meu pensamento / Comigo porque só de ti me lembro a todo momento / Comigo porque a distancia jamais há de nos separar / Comigo porque para sempre em meu coração tu viverás / (BIS) / . “   ]  . 







Encerrando  a  apresentação  de  Anísio  Silva  ,  selecionamos  uma  versão  de  um  bolero  composto   por  Giacomo  Pesce   que  fez  grande  sucesso  mundialmente  e  que  até  hoje  é  apreciado  pelos  que  curtem  uma  bela  canção  .   “   TRÊS   PALAVRAS  “ .  [ “ / Te direi bem baixinho o meu segredo  / Porém ao confessar eu tenho medo / Com três palavras te direi tudo o que eu sinto / Creia só, meu amor porque não minto  / Dá me tuas lindas mãos  / Seguras as minhas, eu aposto que tu não adivinhas / São três palavras e as conhece no mundo inteiro / Essas palavras são quanto te quero / (BIS) / . “  ]  .
 
 



  NA   PREFERÊNCIA  DOS  OUVINTES , HÁ  AQUELES  QUE  APRECIAM  AS  CANÇÕES    QUE  SÃO  ROTULADAS  COM  “ BREGAS “ ;  OUTROS  QUE  REJEITAM ,  REPROVAM OU  IGNORAM  ESSE  MODELO  MUSICAL . A  GRANDE  VERDADE  ESTÁ  NO  PRAZER  DA  MELODIA  E  DA  MENSAGEM  DE  AMOR  ENVIADA  POR  ESSE  TIPO  DE  MÚSICA .  COMO  INTÉRPRETE  , ANÍSIO  SILVA   REINA  NA  MPB  COMO  O  VERDADEIRO  MENSAGEIRO  DA  PAIXÃO . “

Waldemar  Pedro  Antonio                                  e-mail :  [email protected]
Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »