21/01/2017 às 18h10min - Atualizada em 21/01/2017 às 18h10min

Traição amorosa: tema presente nas composições da MPB

WALDEMAR PEDRO ANTÔNIO

Nesta edição, o  “Cantinho Musical  “ não só explanará sobre vida e obra dos compositores da Música Popular Brasileira , mas também intercalará com  abordagens sobre temas diversos que expressam a criatividade na produção artística daqueles que compõem nosso cancioneiro , o que já  demonstrou  em  outras edições publicadas .

      Como abertura desta  pesquisa  , desenvolveremos o tema TRAIÇÃO AMOROSA , tão explorado em nossas canções , na visão diversa de alguns compositores musicais .   A traição caracteriza-se pela deslealdade amorosa ocorrente com uma pessoa que mantém uma  relação de amor com outra.

LUPICÍNIO  RODRIGUES , o exponencial da dor de cotovelo, exteriorizava , com muita competência e criação , a forma poética do sofrimento amoroso de diversos  motivos , dentre eles o mais esmerilhado que é sobre  TRAIÇÃO AMOROSA .

     
  Iniciaremos uma série de canções lírico-amorosas , a respeito do amor traído “ NERVOS DE AÇO “    [ “ /  Você sabe o que é ter um amor ,/ Meu senhor?... / Ter loucura por uma mulher / E depois encontrar este amor,  Meu senhor ?... / Ao lado de um tipo qualquer / Você sabe o que é ter um amor, / Meu senhor ? / E por ele quase morrer / E depois encontrar em um braço / Que nem um pedaço ? Do meu pode ser  /   Há pessoas de nervos de aço, / Sem sangue nas veias e sem coração, / Mas não sei se passando o que eu passo / Talvez não lhes venha qualquer reação. / Eu não sei se o que trago no peito / É ciúme, é despeito, amizade ou horror. / Eu só sei é que quando a vejo / Me dá um desejo de morte ou de dor. / . “  ]  .  



A amante, na agonia e no desespero de um flagrante de adultério, serve de inspiração para  Lupicínio  compor :    “  ELA DISSE-ME ASSIM “ : [ “ / Ela disse-me assim / Tenha pena de mim , vai embora / Vais me prejudicar / Ele pode chegar, está na hora / E eu não tinha motivo nenhum / Para me recusar / Mas aos beijos caí em seus braços / E pedi pra ficar / Sabe o que se passou / Ele nos encontrou, e agora / Ela sofre somente por que / Foi fazer o que eu quis / E o remorso está me torturando / Por ter feito a loucura que eu fiz / Por um simples prazer / Fui fazer meu amor infeliz. / “  ]   .   






“ O hábito de curar a amargura de uma traição dentro de um copo é demonstrado por Lupi em :           “  MINHA HISTÓRIA  [ “ / Eles dizem que eu bebo demais / E que sou vagabundo / Todos falam que eu sou um perdido / perdido no mundo/ Quando eu passo / os falsos amigos de mim acham graça e murmuram /” Ali vai um ébrio cheirando a cachaça “/ Ele falam porque não conhecem o meu drama real / Esta vida que eu levo bem sei / Não é vida normal / Vou contar pra vocês minha história  /  Este  drama que me destruiu  / Tive alguém que  amei com loucura /  E este  alguém me traiu! “  ]  .  





De Ataulfo Alves, selecionamos duas pérolas sobre o tema ora abordado. ERREI , SIM ... , que  é  um  forte  componente  da  polêmica entre  Herivelto  Martins e  Dalva de Oliveira ,  canção  interpretada por  Dalva  com sua  voz  afinada  e  cristalina [ “ / Errei, sim / Manchei o teu nome / Mas foste tu mesmo o culpado / Deixavas-me em casa / Me trocando pela orgia / Faltando sempre / Com a tua companhia /  Lembro-te agora / Que não é só casa e comida / Que prende por toda vida / O coração de uma mulher / As joias que me davas / Não tinham nenhum valor / Se o mais caro me negavas / Que era todo o teu amor  / Mas se existe ainda  / Quem queira me condenar  / Que venha logo / A primeira pedra  me        atirar / .  “  ]  .



A  outra  canção de  ATAULFO ALVES  que aborda  o  problema  da traição amorosa  é    : ”  INFIDELIDADE  “ [ “  / Aquele que considera / O amor uma quimera / Vive longe do sofrer /Tem sempre os olhos enxutos / Crer no amor em dez minutos / E nelas não deve crer / São falsas na maioria / E quando o homem confia / Em tudo que a mulher diz / Eis a traição consumada / Uma vida desgraçada /Um lar a mais infeliz / Gostei de uma criatura / Sem moral sem compostura / E sem coração sem pudor / Era dono do negócio / sem saber que havia um sócio / na firma do nosso amor /   Felizmente ainda alegra / Em saber-se que toda regra / Tem sempre a sua exceção / Não julgo todas por uma / Pode ser que haja alguma / Com pudor e coração / . “  ]  . 



O  tema  traição amorosa está , também , presente no acervo musical de  Maysa  . Nesta  canção  há  expressamente  um  recado  angustiante da  pessoa  amada  para  aquela  que  a  traiu em   “  OUÇA  “  .    [ “  / Ouça, vá viver / A sua vida / com outro bem / Hoje eu já cansei / De pra você não ser ninguém / O passado não foi o bastante para lhe convencer/ Que o futuro seria bem grande / Só eu e você / Quando a lembrança / Com você for morar / E bem baixinho / De saudade você chorar / Vai lembrar que um dia existiu / Um alguém  que  só carinho pediu / E você fez questão de não dar / Fez questão de negar / (BIS)/ . ]  





A música , “EU SOU A OUTRA “ ,  composição  de  Ricardo  Galeno ,  foi  interpretada  nas vozes maravilhosas de várias cantoras de primeira linha como Maria Bethânia , Tânia Alves  , mas despontou para o Cancioneiro  Popular  Brasileiro  na voz cristalina e na bela interpretação   de  Carmem Costa :       [ “ /  Ele é casado e eu sou a outra / na vida dele / que vive qual uma brasa / por lhe faltar / tudo em casa / Ele é casado e eu sou a outra / que o mundo difama / Que a vida , ingrata , maltrata / E , sem dó , cobre de lama /  Quem me condena,como se condena / Uma mulher perdida, / Só me vêem na vida dele, / Mas não o veem, na minha vida. / Não tenho nome,trago o coração ferido, / Mas tenho muito mais classe, / Do quem não soube pender o marido  / . “ ]      



Paulo Marques  compôs a letra de  “ NÃO TENHO VOCÊ “ , e  Ângela Maria  interpreta com muita maestria e emoção :           [ “ /  “ Você vive a meu lado / E eu não tenho você / Existe algo errado / Porém não sei o que / Choramos sempre juntos / Os nossos dissabores /Vivemos lamentando / Esta ausência de amores / Você vive ao meu lado / E eu não tenho você / Você vive pra outra / Que também nunca lhe quis / Que certamente faz pouco / Do seu viver infeliz /   Enquanto eu quase louca / Procurei meu próprio fim / Definhando pouco a pouco / E você não gosta de mim /  . “   ]  .   






Das TRAIÇÕES AMOROSAS, tema de vários compositores, não poderíamos deixar de registrar a presença marcante da dupla que constrói suas poesias com grande sentimento : Evaldo Gouveia e Jair Amorim  autores que expressam , com grande competência criativa ,   a letra da bela canção   “ ALGUÉM  ME DISSE  “ :  [ “ /  Alguém me disse que tu andas novamente / De novo amor , nova paixão toda contente / Conheço bem suas promessas , outras ouvi iguais a essas / Esse seu jeito de enganar conheço bem / Pouco me importa que tu beijes tantas vezes / E que tu mudes de paixão todos os meses / Se vais beijar como eu bem sei / Fazer sonhar como eu sonhei / Mas sem ter nunca amor igual /Ao que eu te dei / . “  ] .                  



Partindo , prematuramente, deste nosso mundo, REGINALDO ROSSI  transmite todo sofrimento e traição de amor , lamentando-se numa mesa de bar a um  GARÇOM : [  “ / Garçom , / Aqui, nesta mesa de um bar / Você já cansou de escutar / Centenas de casos de amor / Garçom, / No bar todo mundo é igual / Meu caso é mais um , é banal /Mas preste atenção, por favor / Saiba que meu grande amor / Hoje vai se casar / Mandou uma carta pra me avisar /Deixou em pedaços o meu coração / E pra matar a tristeza / Só mesa de bar / Vou tomar todas / Vou me embriagar/ Se eu pegar no sono / Me deite no chão / Garçom, eu sei / Eu estou enchendo o saco / Mas todo bebum fica chato / Valente, e tem toda a razão / Garçom, mas eu / Eu só quero chorar / Eu vou minha conta pagar / Por isso eu lhe peço atenção / . “  ]  .  


“ Noel Rosa , já à beira da morte , sentindo-se traído por sua amada  Ceci , a Dama do Cabaré , e , totalmente desiludido com o amor, fez a ela o  último pedido de alguém condenado a morrer  , nesta joia do nosso cancioneiro : ÚLTIMO DESEJO “   [ “ /  Nosso amor que eu não esqueço / E que teve seu começo / Numa festa de São João / Morre hoje sem foguete, / Sem retrato e sem bilhete, / Sem luar e sem violão . / Perto de você me calo , / Tudo penso e nada falo / Tenho medo de chorar / Nunca mais quero seu beijo / Mas meu último desejo / Você não pode negar /  Se alguma pessoa amiga / Pedir que você lhe diga / Se você me quer ou não / Diga que você me adora / Que você lamenta e chora / A nossa separação / Às pessoas que eu detesto / Diga sempre que eu não presto / Que meu lar é o botequim / Que eu arruinei sua vida / Que eu não mereço a comida / Que você pagou pra mim / . “   ]   .    


E finalizando esta visão temática , faremos abordagem a um tipo de TRAIÇÃO AMOROSA diferente da que sofrem a mulher e o homem. Trata-se de um sentimento de infidelidade a uma agremiação do mundo do samba : PORTELA . Paulinho da Viola  , portelense convicto , resolveu criar um samba exaltando a  MANGUEIRA que dizia : “ ... a MANGUEIRA é tão grande que não cabe explicação.. “. Foi o bastante para o pessoal da Portela se indignar , achando que fora traído, e cobrar uma explicação dele , o que justificou , fazendo através da criação de um belo samba cujo título é : “ FOI UM RIO QUE PASSOU EM MINHA VIDA “ : [  “ /  Se um dia meu coração for consultado / Para saber se andou errado / Será difícil negar / Meu coração tem mania de amor / Amor não é fácil de achar / As  marcas dos  meus desenganos ficou , ficou / Só um amor pode  apagar / Porém  ( ai porém ! ) / Há um caso diferente que marcou um breve tempo / Meu coração para sempre / Era dia de carnaval../ Carregava uma tristeza / Não pensava em outro amor / Quando  alguém que não me lembro anunciou / Portela, Portela /O samba trazendo alvorada / meu coração conquistou /  Ah! Minha Portela! / Quando vi você passar / Senti meu coração apressado / Todo o meu corpo tomado / Minha alegria voltar / Não posso definir aquele azul / Não era do céu nem era do mar / Foi um rio que passou em minha vida / E meu coração se deixou levar / Foi um rio que passou em minha vida / E meu coração se deixou levar /(BIS). “ ] .

         Poderíamos  , neste espaço , demonstrar outras belas canções, com o mesmo tema, na criação de grandes compositores de nosso cancioneiro. Porém o limite espacial do  Cantinho  Musical e a quantidade de canções da MÚSICA POPULAR BRASILEIRA, sobre o tema abordado,  demonstraram  uma minúscula apresentação de nossas pérolas musicais , após uma triagem detalhada no quadro existente .
WALDEMAR  PEDRO  ANTONIO                   Email :  [email protected]
 
 

Link
Tags »
Traição amorosa: tema presente nas composições da MPB
Relacionadas »
Comentários »