26/12/2014 às 14h57min - Atualizada em 26/12/2014 às 14h57min

Dormir bem é fundamental para se viver mais e melhor

Ter uma boa noite de sono é vital para que as pessoas vivam com melhor qualidade de vida. O sono é indispensável para o organismo, e é necessário para que o corpo humano possa colocar as suas funções em ordem. Para o ser humano a necessidade de sono é de 6 a 8 horas por dia, sendo maior para animais de pequeno porte e menor para animais de grande porte. Um rato, por exemplo, precisa de 13 horas de sono diárias para satisfazer as suas necessidades físicas. Já um elefante, que é um animal maior, necessita de apenas 3 horas de sono por dia. O importante é relatar que a maioria das pessoas passa cerca de 1/3 de sua vida dormindo, e sem o sono seria impossível a sobrevivência. É através do sono que o corpo humano organiza a imunidade fisiológica, pois é de comprovação científica que as pessoas que levantam da cama descansadas estão mais protegidas contra várias doenças. Acordar cansado não é positivo para se viver bem, pois a pessoa que não dorme bem tem diminuição do déficit de atenção, e assim está exposta a um risco maior de sofrer acidentes automobilísticos e de trabalho. O correto é que todos possam regular o seu ciclo de sono, e um importante recurso é procurar controlar a hora de dormir e acordar. Manter uma regularidade nesses horários é imprescindível para se dormir bem, mas pode ser associada com outras medidas que também vão colaborar para uma boa noite de sono. Uma dessas medidas fundamentais é evitar levar para o quarto trabalhos e outras ocupações cotidianas, pois isso pode ativar o cérebro e fazer o sono desaparecer. Outro recurso indispensável é evitar tomar café, chá mate ou refrigerantes à base de cafeína nas horas mais próximas do horário de deitar. Até mesmo a televisão pode adiar o sono, pois a atenção que lhe é dirigida atrapalha a chegada da vigília, etapa inicial do sono. Para as pessoas que trabalham à noite e dormem de dia, é fundamental procurar um local tranqüilo e com a menor quantidade de ruídos possíveis. Essa medida é crucial para que o organismo atinja o sono reparador, fase esta em que a pessoa está sonhando. Tomar um banho quente antes de ir para cama e fazer uma oração antes de dormir são ferramentas potentes para que o sono chegue mais rápido. Algumas músicas clássicas quando colocadas em um volume ameno ajudam o corpo a relaxar, facilitando o sono. Para aquelas pessoas que possuem problemas na coluna lombar como a lombalgia, é importante dormir em decúbito lateral (de lado) com as pernas dobradas, se possível com um travesseiro entre as pernas. Isso diminuirá a dor oriunda da coluna. A prática de exercícios físicos aeróbicos, como a caminhada, também é coadjuvante na melhoria da qualidade do sono. Tirar cochilos de 20 minutos após o almoço também é recomendado para aquelas pessoas que têm uma vida mais ativa, pois melhora a disposição para o trabalho. Para as pessoas menos ativas fisicamente tais cochilos podem prejudicar a noite de sono, e por isso não é recomendado. Beber muito líquido à noite pode também ser prejudicial para o sono, devido ao aumento da necessidade urinária que faz a pessoa se levantar várias vezes para ir ao banheiro. Por outro lado, alguns líquidos consumidos quentes e moderadamente facilitam o sono, como é o caso do chá de erva doce e do leite. Tais líquidos funcionam como “calmantes naturais”.

   Enfim, o que vai promover uma melhora da qualidade do sono das pessoas é um estilo de vida saudável, que vai desde uma alimentação equilibrada até a prática de exercícios físicos. E lembre-se sempre de deixar os problemas do lado de fora do quarto quando for dormir, pois uma pessoa que dorme mal fica mais estressada e encontrada maiores dificuldades para resolver as questões concernentes à vida.

* Graduado em Fisioterapia pela UNIPAC.

* Pós-graduado em Geriatria e Gerontologia pela Faculdade Estácio de Sá.

* Mestrando em Ciências Políticas pela Universidade Lusófona.    

Link
Tags »
Relacionadas »
Comentários »